Evolução Do Dano Num Quebra-Mar De Taludes Em Cenários De Alterações Climáticas

Rute Lemos, Conceição J.E.M. Fortes, Ana Mendonca, Paulo Rosa-Santos, Francisco Taveira-Pinto, Ermano De Almeida Sousa, Bas Hofland

Research output: Chapter in Book/Conference proceedings/Edited volumeConference contributionScientificpeer-review

31 Downloads (Pure)

Abstract

No âmbito do projeto HYDRALAB+ (H2020-INFRAIA-2014-2015), foi realizado no LNEC um conjunto de ensaios em modelo físico bidimensional (2D) de um perfil de um quebra-mar de talude em enrocamento, construído à escala geométrica 1:30, para diferentes condições de agitação marítima e níveis de maré correspondentes a cenários de alterações climáticas. Estas experiências tinham como objetivo analisar o dano, o espraiamento e o galgamento, nesses cenários.
Em paralelo, na FEUP, e em colaboração com Deltares, foram realizados testes com a mesma configuração de quebra-mar, mas utilizando um modelo físico tridimensional (3D), construído à escala geométrica 1:35. Os resultados obtidos permitiram analisar a evolução do dano no manto resistente do quebra-mar (talude de barlamar, talude de sotamar e cabeça), assim como o galgamento, para condições com e sem sobrelevação do nível médio do mar, considerando ou não a reconstrução do talude do quebra-mar entre testes consecutivos da mesma série de testes. Foram também realizados testes com ondas multidirecionais.
O presente trabalho incide sobre a análise da evolução do dano para as diferentes sequências de tempestade em cenários de alterações climáticas. O dano é avaliado com base no tradicional método de contagem de blocos removidos e ainda com base no parâmetro adimensional do dano, S recorrendo a técnicas estereofotogramétricas. É também feita uma avaliação do parâmetro E2D.
Em termos gerais, concluiu-se que não havia diferenças significativas entre os testes com danos cumulativos e com a reconstrução do quebra-mar após cada teste. Observou-se, também, que o dano era mais elevado na proximidade da superfície livre e que aumentava com a altura de onda significativa. Os danos foram, em geral, menores nos testes com ondas multidirecionais.
Original languagePortuguese
Title of host publication14 congresso da agua
Number of pages16
Publication statusPublished - 2018
Event14. Congresso da Agua - Evora, Portugal
Duration: 7 Mar 20189 Mar 2018
http://www.aprh.pt/congressoagua2018/index.html

Conference

Conference14. Congresso da Agua
CountryPortugal
CityEvora
Period7/03/189/03/18
Internet address

Cite this